Negócios

Áreas de atividade

 

Utilizamos biomassa florestal residual como combustível para a produção de energia elétrica, alinhados com os objetivos da União Europeia de descarbonização do setor.

 

A GreenVolt usa a biomassa certa, produzindo energia exclusivamente a partir de resíduos florestais e agroflorestais e de reciclagem de madeira proveniente de resíduos de demolições urbanas.

A GreenVolt utiliza, no seu processo de produção de energia em Portugal, apenas e exclusivamente resíduos florestais e agroflorestais, incentivando a limpeza das florestas, diminuindo o risco de incêndios e dando o seu contributo à economia rural. Nas suas unidades industriais não é aceite qualquer material cuja proveniência resulte do abate de árvores efetuado com este objetivo. 

Na sua central do Reino Unido, a produção é alimentada exclusivamente através de resíduos de madeira proveniente de demolições, contribuindo para a sua reciclagem e aproveitamento, constituindo-se como um player ativo na promoção da economia circular. 

A utilização de biomassa florestal para produção de energia faz parte do ciclo do carbono que se inicia com a fotossíntese, processo em que as árvores absorvem carbono.

O ciclo continua com a utilização da madeira como matéria prima para a produção de produtos que armazenam carbono até ao final da sua vida. O ciclo é em seguida prolongado várias vezes com a reciclagem do produto e sua reutilização para produção de outros produtos. No final do seu ciclo de vida o produto é valorizado energeticamente libertando novamente o carbono para a atmosfera. Dá-se assim início a um novo ciclo. Em paralelo a biomassa residual, que não entra no ciclo de produção, é também valorizada energeticamente libertando carbono para a atmosfera, e novas árvores vão crescendo absorvendo carbono.

O ciclo de carbono da floresta não adiciona carbono à atmosfera, ao contrário dos combustíveis fósseis, que libertam carbono geológico armazenado em depósitos subterrâneos ao longo de milhões de anos.

A aposta da GreenVolt na produção de energia a partir de fontes renováveis está alinhada com as estratégias nacionais e europeias de mitigação das alterações climáticas, contribuindo para a descarbonização da indústria e do setor energético, com impacto positivo nas emissões de CO2 fóssil a nível nacional e na dependência de combustíveis fósseis.

A GreenVolt detém, em funcionamento, cinco centrais de produção de biomassa florestal - Mortágua (8,6 MW de potência instalada); Ródão com 12,8 MW de potência instalada; Figueira da Foz (duas centrais), uma com capacidade de cerca de 28 MW de potência instalada e outra com 34.5 MW; e Constância com capacidade de 12,8 MW de potência instalada.

As 5 centrais de biomassa produzem anualmente um total de cerca de 720 GWh

Energia solar e armazenamento.

A GreenVolt tem em desenvolvimento e em pipeline diversos projetos dedicados à produção de energia usando o sol como fonte. Os nossos parques de painéis fotovoltaicos, em Portugal, transformam os raios solares em energia limpa e renovável, contribuindo para uma cada vez menor dependência energética dos combustíveis fósseis.

A Central Solar Fotovoltaica de Tábua, em construção terá uma potência Instalada de 48MW e entrará em operação no decorrer de 2022.

A eólica, energia gerada pela força do vento. 


Através da V-Ridium Power, a GreenVolt está a desenvolver diversos projetos eólicos e solares pan-europeus, maioritariamente na Polónia e na Grécia, com cerca de 2.800 MW dos quais, mais de 1.500 MW, se encontram em fase adiantada de desenvolvimento.

Produza a sua própria energia.

 

Sabia que pode produzir a sua própria energia? Para tal necessita de instalar um sistema de autoconsumo ou uma Unidade de Produção de Autoconsumo (UPAC). Este sistema pode ser apenas de um painel solar ou de dezenas de painéis, dependendo da necessidade de cada um.

A instalação destas unidades reduzirá substancial ou totalmente a necessidade de consumo de energia proveniente da rede elétrica pública.

A potência do sistema depende sempre do perfil de carga ao longo do ano, sendo compatível, com o recurso pontual a consumo de energia proveniente da rede elétrica.

Trata-se de um investimento financeiramente rentável com taxas de retorno, a prazo, significativas, além de constituir um investimento verde, contribuindo para uma maior sustentabilidade ambiental. Com a instalação destes sistemas, valoriza igualmente o seu imóvel.