5 Abril, 2022

GreenVolt lança Energia Unida para criar comunidades de energia limpa e mais barata

A GreenVolt – Energias Renováveis lançou a Energia Unida (EU), uma empresa que chega ao mercado com uma proposta de valor inovadora. A EU acredita em energia limpa, mais barata e para todos, por isso aposta no conceito de Comunidades de Energia, promovendo a partilha da energia produzida a partir de painéis fotovoltaicos para que Produtores e Consumidores possam poupar no seu custo mensal com a eletricidade.

As Comunidades de Energia são a melhor forma para fomentar a produção de energia renovável de forma descentralizada, uma área com enorme potencial de crescimento numa sociedade cada vez mais ciente da importância de se fazer uso das fontes renováveis”, diz João Manso Neto, CEO da GreenVolt. “É neste espírito que nasce a Energia Unida”, remata.

A EU liga clientes Produtores a clientes Consumidores, criando assim Comunidades de Energia. Sem que tenham de fazer qualquer investimento, e num processo “chave na mão”, os clientes Produtores passam a poder consumir a energia gerada a partir destes painéis, sendo a capacidade remanescente partilhada com os clientes Consumidores, desde que estes se encontrem num raio, em média, até 4 quilómetros.

Segundo José Queirós de Almeida, CEO da Energia Unida, “esta solução com impacto ambiental, económico e social, traz importantes mais-valias para todos. Ao mesmo tempo que vem contribuir para a redução da pegada carbónica, uma vez que a energia provém de uma fonte renovável, a Energia Unida permite que tanto os clientes produtores como os consumidores consigam aceder a esta proposta de valor inovadora”. Sem terem de mudar de comercializador, conseguem uma redução até 20% no valor da energia consumida.

A EU já acordou a criação de algumas Comunidades de Energia, contando com uma capacidade instalada correspondente a cerca de 3,1MW, evitando assim a emissão de 1.234 toneladas de gases poluentes para a atmosfera. A primeira dessas Comunidades de Energia foi constituída no edifício onde tanto a Energia Unida com a GreenVolt se encontram instaladas, em Lisboa.